segunda-feira, maio 28, 2007

Estado Novo

Golpe militar de 28 de Maio de 1926
(desfile do Marechal Gomes da Costa e suas tropas)
Cartazes de Propaganda do Estado Novo
António de Oliveira Salazar e a sua tomada de posse da pasta das Finanças


O 25 de Abril tinha sido há 3 anos, Salazar estava morto há 7 e já havia sido afastado do poder há 9, o golpe da Ditadura Militar que o levou ao poder, dando origem ao Estado Novo tinha sido há 49 anos (28 de Maio de 1926) e, ainda assim, a minha mãe teve que se aguentar que nem uma estóica para só me dar a conhecer ao mundo no dia 29 de Maio por imposição do meu pai, comunista extremíssimo que morreria se tivesse um filho nascido no 28 de Maio.

Sendo assim, apesar das águas lhe terem rebentado no dia 28 de Maio de 1977, só depois da meia-noite é que o meu pai levou a minha mãe para o Hospital de Santa Maria em Lisboa - é de salientar que a minha família morava na margem sul... (na altura já era o deserto que o ministro Mário Lino mencionou esta semanana).

Depois de algum esforço lá nasci eu, pouco passava da 1 da manhã, num último domingo de Maio, altura em que se comemorava o dia da Mãe - como já referenciei aqui, num post anterior.

E assim é a aventura do meu nascimento, que todos os anos ouço pela voz da minha querida mãe.

Já lá vão 30 anos, mas continuo, praticamente, em estado novo! :-)

1 comentário:

A.H. disse...

Estás Cumo Novo, mano, não te aflijas que daqui a dez anos será muitíssimo pior, garanto-te.

Life is good
but not fair at all...
(Lou Reed, dixit)

Vê lá se te animas, caso contrário teremos de regressar às aulas de fenomenologia...

Love U always!