quinta-feira, agosto 16, 2007

Jailhouse Rock

Faz hoje 30 anos que o Rei do rock foi encontrado morto, vítima de um ataque cardíaco, na casa de banho da sua mansão Graceland, em Memphis, Tennessee.
Aqui, na imagem, um dos seus primeiros mega hits - Jailhouse Rock, que o imortalizou.
Se há coisa que me lembro desde miudo é, precisamente, esta efeméride porque nasci no ano em que o REI morreu. Ainda assim estivemos juntos neste planeta cerca de dois meses e meio. Não é que eu seja um grande fã, até gosto das suas músicas, mas lembro-me mais de Elvis, The Pelvis, porque faz parte do meu imaginário infantil, porque a minha mãe era uma super-fã que casou com um jeitoso, o meu pai, que até tinha qualquer coisa de Elvis look-alike. Depois recordo-me também as muitas vezes que os seus discos tocavam lá em casa; e o engraçado (sem ter tido muita graça na altura), já mesmo depois dos meus pais estarem divorciados, Elvis continuou a "viver" lá em casa.
Ainda hoje Elvis é um dos artistas que mais discos vende e factura milhões pelo mundo fora.
À sua frente só Kurt Cobain o , também falecido (Abril de 1994), vocalista dos Nirvana.
The King is still alive, rock it and roll it!

2 comentários:

senhoradosado disse...

Só passei para dizer que te amo!
E quanto ao "meu" Elviz,não deves saber que o primeiro gira-discos mais moderno que tive,( e discos do Elviz claro!!!)foi comprado com o meu vencimento dos três meses de Parto,que tive direito quando nesse mesmo ano me deste a felecidade de seres meu filho!
Amo-te bué da bué!
Beijinhos Mãe

Graphic_Diary disse...

Olha quem anda na blogoesfera e não dizia nada!
Já te meti na minha lista de blogs, estás logo em primeiro lugar!
Acabaste de me dar mais uma razão para me sentir um filho babadérrimo!
Também te amo muito.
Beijos Filho (um dos teus seis)