quarta-feira, setembro 19, 2007

A gift from Pika

Face à luz dos acontecimentos de ontem, recebi isto pela Pika, do "meu" Caetano.
Retrato da raça humana... quase que me apetece usar a frase que é tida como de B.B. "quanto mais conheço os Homens, mais gosto do meu cão" (no meu caso seria o meu gato), mas também atribuída a Alexandre Herculano na versão "Quanto mais conheço os Homens, mais estimo os animais". A ideia é a mesma!
Haverá esperança ainda para que o comportamento do Homem, para com o seu próximo e para com o que o rodeia, melhore?
Enfim, considerações humanas à parte, como sempre, Caetano está cada vez melhor:

Odeio
Caetano Veloso

veio um golfinho do meio do mar roxo
veio sorrindo pra mim
hoje o sol veio vermelho como um rosto
vênus, diamante, jasmim
veio enfim o e-mail de alguém

veio a maior cornucópia de mulheres
todas mucosas pra mim
o mar se abriu pelo meio dos prazeres
dunas de ouro e marfim
foi assim, é assim, mas assim é demais também

odeio você, odeio você, odeio você
odeio

veio um garoto do arraial do cabo
belo como um serafim
forte e feliz feito um deus, feito um diabo
veio dizendo que sim
só eu, velho, sou feio e ninguém

veio e não veio quem eu desejaria
se dependesse de mim
são paulo em cheio nas luzes da bahia
tudo de bom e ruim
era o fim, é o fim, mas o fim é demais também

odeio você, odeio você, odeio você
odeio

Sem comentários: