segunda-feira, outubro 15, 2007

Punhete*

O fim de semana foi óptimo, entre o Tejo e o Zêzere por paisagens de verde e azul até ao infinito, uma calmaria que carrega baterias para enfrentar de novo o buliço da cidade com outra disposição. Só a magia de Almourol vale os quase 200 km da viagem, depois tudo o resto é lucro!
De registar um sítio onde estive à noite, muito interessante, o BAR 21, em Vila Nova da Barquinha. Deixo-vos aqui uma apresentação do mesmo e a dica para quando estiverem por essas bandas não deixarem de o visitar. O dono é uma simpatia e o abafadinho de lá, abafa!
Obrigado R e S pelos dois dias descansados que me proporcionaram. Obrigado também por ter sido o primeiro a receber a vossa boa nova, o que fez com que me sentisse muito querido por vocês e especialmente babado. Muitas felicidades, vocês merecem-no :-)

*Para aqueles que achavam que o título deste post era algo diferente, tipo uma receita feita com bacalhau cru desfiado, aqui vai a explicação da minha escolha de palavras:"Os romanos jamais esqueceram as dificuldades na conquista desta localidade aos lusitanos. Chamaram-lhe PUGNA TAGI, para lembrar a luta do Tejo. Deste termo resultou a aglutinação Punhete, nome que manteve até 1826, altura em que aproveitando a visita da Rainha D. Maria II, um grupo de fidalgos pediu-lhe para mudar o nome à vila como reconhcimento do constante empenhamento dos notaveis de PUNHETE a favor das causas liberais, e deciciu chamar-lhe notável vila da Constância."
Outra explicação, talvez mais romantizada, mas igualmente válida: "chamou-se em tempos Punhete, nome derivado do romano "pugna tagi" (luta do Tejo) pela rebeldia das águas na confluência deste rio com o Zêzere."
A pergunta que fica sempre a quem é revelado esta curiosidade histórica e que agora se me impõe é: Como seriam chamados os habitantes de Punhete? Sugestões?

4 comentários:

Anónimo disse...

This is easy: PUNHETEIROS!

O problema é que o termo é um tanto quanto vulgar, pelo menos aqui no Brasil, já que "punheteiro" é aquele que toca "punheta". Em outras palavras, que se masturba.

R.

Arsène Lupin disse...

Tu não me digas que os tais "problemas de estomago" que fizeram com que S não fosse ao casamento da R e do N afinal tem a ver com a visita da cegonha!?!?
E já agora recebeste o mete-nojo que R&N enviaram de S. Tomé?
Besos

Nicolau disse...

Cabo Verde, era Cabo Verde...
Mas já voltámos!
Beijos!

Graphic_Diary disse...

Eu não recebi nada!!!!
Estou com ciúmes... e morto de curiosidade para saber o que foi...
bem, nem por isso, só um pouco!)