quinta-feira, janeiro 25, 2007

Quanto custa o amor?

Mais uma pérola dos nossos antepassados, não muito distantes, que recebi via email:

Quanto custa retocar o purgatório?

Recebi esta imagem por email hoje, é uma factura muito sugestiva... deliciem-se com a sua leitura!

Corto está de volta!

A minha personagem de B.D. favorita, Corto Maltese, estará de volta em breve.
12 anos após a morte do seu autor, Hugo Pratt, os responsáveis pelo seu espólio e obra, decidiram retomar as historias que ficaram por contar.
Para lê toda a notícia seguir este link.
Vamos lá ver que surpresas e novas aventuras aguardam ao maior marinheiro romântico de todos os tempos.
Já existem dois esboços a circular na net do aspecto que poderá vir a ter o "novo" Corto. deixo aqui uma delas:

© 2007 Cong SA, Lausanne. Tous droits réservés. Cortomaltese.com

terça-feira, janeiro 09, 2007

Back to work

Voltei ontem ao trabalho, depois de quase duas semanas de "férias"* e já me passaram pela cabeça 300521758 maneiras diferentes de mandar algumas pessoas àquele sítio!

Mas como diria o meu amigo na sua resolução para o novo ano:

"Elas vão lá ter sozinhas!"

*Estas duas últimas semanas estive de férias do trabalho, mas nem por isso descansei, pois tenho andado a tratar da minha mudança de casa... pois é! Lá ando eu novamente no meio de caixotes, limpezas e arrumações outra vez e ao fim de 11 meses... Será que é desta que me deixo estar sossegado por uns tempos? Começo a desconfiar que herdei a alma cigana da minha mãe!

segunda-feira, janeiro 01, 2007

Choose

Choose Life.
Choose a job.
Choose a career.
Choose a family.
Choose a fucking big television, choose washing machines, cars, compact disc players and electrical tin openers.
Choose good health, low cholesterol, and dental insurance.
Choose fixed interest mortgage repayments.
Choose a starter home.
Choose your friends.
Choose leisurewear and matching luggage.
Choose a three-piece suite on hire purchase in a range of fucking fabrics.
Choose DIY and wondering who the fuck you are on a Sunday morning.
Choose sitting on that couch watching mind-numbing, spirit-crushing game shows, stuffing fucking junk food into your mouth.
Choose rotting away at the end of it all, pishing your last in a miserable home, nothing more than an embarrasment to the selfish, fucked up brats you spawned to replace yourself.

Choose your future.

Choose life... But why would I want to do a thing like that?

John Hodge, Trainspotting

FELIZ ANO NOVO 2007

Para dar as boas-vindas a 2007 lembrei-me da lenda do pássaro de fogo, a Fénix que das suas cinzas renasce.
Assim somos nós ao longo da nossa vida, vamos renascendo a cada momento, das nossas cinzas, das nossas vivências e experiências, das nossas escolhas e caminhos a que nos propusemos...
Ainda deve ser remanescências das bolhinhas do espumante de ontem....
BOM ANO!