quarta-feira, outubro 17, 2007

Mudanças de Estação

Parece que começo a sofrer com as mudanças de temperatura entre as estações...
Normalmente apanhava uma constipação por ano, no início do inverno, curava-me e pronto, já não apanhava mais nenhuma durante toda a estação fria. Mas agora vem uma aragem e apanha-me desprevenido! Pudera, afinal já não tenho o vigor e a força da juventude dos 15 anos! Enfim, estou cada vez mais podre, confesso!
O que ainda me vai ajudando é o Cêgripe (passo a publicidade novamente), como ajudou aqui nessa altura.
O meu boss é que está muito preocupado, não directamente comigo, mas com o meu estado de impossibilitação para trabalhar... é um querido.
Enviou-me logo um sms a perguntar se eu estava melhor, que patrão faz isso?
Depois percebi, assim que entrei na empresa tinha no meu mail uma to-do-list do tamanho da cordilheira dos Himalaias! Deve ser para me dar ânimo!

segunda-feira, outubro 15, 2007

Punhete*

O fim de semana foi óptimo, entre o Tejo e o Zêzere por paisagens de verde e azul até ao infinito, uma calmaria que carrega baterias para enfrentar de novo o buliço da cidade com outra disposição. Só a magia de Almourol vale os quase 200 km da viagem, depois tudo o resto é lucro!
De registar um sítio onde estive à noite, muito interessante, o BAR 21, em Vila Nova da Barquinha. Deixo-vos aqui uma apresentação do mesmo e a dica para quando estiverem por essas bandas não deixarem de o visitar. O dono é uma simpatia e o abafadinho de lá, abafa!
Obrigado R e S pelos dois dias descansados que me proporcionaram. Obrigado também por ter sido o primeiro a receber a vossa boa nova, o que fez com que me sentisse muito querido por vocês e especialmente babado. Muitas felicidades, vocês merecem-no :-)

*Para aqueles que achavam que o título deste post era algo diferente, tipo uma receita feita com bacalhau cru desfiado, aqui vai a explicação da minha escolha de palavras:"Os romanos jamais esqueceram as dificuldades na conquista desta localidade aos lusitanos. Chamaram-lhe PUGNA TAGI, para lembrar a luta do Tejo. Deste termo resultou a aglutinação Punhete, nome que manteve até 1826, altura em que aproveitando a visita da Rainha D. Maria II, um grupo de fidalgos pediu-lhe para mudar o nome à vila como reconhcimento do constante empenhamento dos notaveis de PUNHETE a favor das causas liberais, e deciciu chamar-lhe notável vila da Constância."
Outra explicação, talvez mais romantizada, mas igualmente válida: "chamou-se em tempos Punhete, nome derivado do romano "pugna tagi" (luta do Tejo) pela rebeldia das águas na confluência deste rio com o Zêzere."
A pergunta que fica sempre a quem é revelado esta curiosidade histórica e que agora se me impõe é: Como seriam chamados os habitantes de Punhete? Sugestões?

She's back!

Lá está outra vez a "cartinha maravilha" no campo do amor... Isto já faz mesmo parte do meu "destino", está visto! Mas, ao contrário do que se possa pensar, não é uma carta má (pelo menos em 99,9% dos casos, como se diz por aqui).
Significa o fim de um ciclo e o início de outro, é "Mudança, transformação radical, renascimento, libertação dolorosa, novas perspectivas, ascetismo, insegurança financeira. Invertida: recente fuga da morte, mudança parcial, alteração para melhor, imobilidade, estagnação, abandono forçado, tristeza, ruína, fracasso.". Como não me aparece invertida, não me parece mal de todo... é somente sinal de mudança (há que ser positivo!). Enfim... aqui está o que me reserva o dia de hoje:

Here's your Tarot Reading for OCTOBER 15, 2007.
You're emerging from a period of loneliness today with the resolution to open yourself up towards others and to accept the gestures of love and affection they're offering you. Judgement and Death are signaling a new departure in your romantic life. This could mean new encounters or re-bonding with old friends and acquaintances - but above all it means joy of life. Make the best of it! At work, this is an ideal day for acquiring new knowledge or skills. Stimulated by the Judgement and the Pope, your curiosity discovers new intellectual and professional perspectives for you. With calmness and lucidity, you can thus embark on a new project and gain autonomy, especially if your situation is currently stagnant.

sábado, outubro 13, 2007

Vila poema



«Oh! Pomar venturoso!
De teu fermoso peso
Se mostra o monte ledo
E o caudaloso Zêzere te
estranha
Porque olhas com desprezo
Seu cristal puro e quedo»


Camões, da Canção XII


Pois é, a convite do R e da S - o "casal maravilha", de entre os meus amigos no formato casal - lá vou eu passar os próximos dois dias na vila que Camões* popularizou, espécie de península onde o Tejo e o Zêzere se abraçam, essa mesmo: Constância.
Vila famosa pelas suas cheias de inverno quando os caudais dos dois rios sobem com as chuvas. Nada que a população já não esteja habituada e até faz piada quando os telejornais falam disso a toda a hora, nos dias de inverno chuvosos, como se fosse algo de novo ou uma grande catástrofre inesperada.
Adiante. Para mim, toda esta zona ribatejana do país é mágica, mística diria mesmo. Além de ter sido onde passei os 4 mais despreocupadamente felizes anos da minha vida, em Tomar (ai Tomar!), temos Santarém, Almorol, Castelo de Bode, Ilha do Lombo, Ferreira do Zêzere, Golegã, etc., etc., etc..
Espero vir com as baterias carregadas... Virei com certeza!
Bom fim de semana!

quinta-feira, outubro 11, 2007

Bálsamo

A música é mesmo um bálsamo. Principalmente quando é feita com tanto amor e, provavelmente, com outras substâncias igualmente alucinogénicas (reparem como consegui meter 3 advérbios de modo numa frase tão curta!).
É o caso desta que vos deixo agora aqui, da autoria do GRANDE Jorge Palma. Já a tinha ouvido várias vezes na rádio, deliciado, mas aqui a mana fez o favor de me mostrar o vídeo clip que é igualmente maravilhoso - é bom estar assim rodeado de gente boa, amigos que nos amam incondicionalmente!
Neste caso, é mais que um bálsamo, é uma terapia completa - dá para chorar, ficar melancólico, triste, distante e saudoso para logo a seguir sorrir, sentir uma felicidade, ternura e esperança imensa a rebentar no peito. E é "só" uma música"!
Ouçam (vejam e leiam) mais uma master piece deste mestre das palavras e sentimentos:

Encosta-te a mim
Jorge Palma

Encosta-te a mim,
nós já vivemos cem mil anos
encosta-te a mim,
talvez eu esteja a exagerar
encosta-te a mim,
dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou,
deixa-me chegar.
Chegado da guerra,
fiz tudo p´ra sobreviver em nome da terra,
no fundo p´ra te merecer
recebe-me bem,
não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói,
não quero adormecer.
Tudo o que eu vi,
estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.
Encosta-te a mim,
desatinamos tantas vezes
vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal
recebe esta pomba que não está armadilhada
foi comprada, foi roubada, seja como for.
Eu venho do nada porque arrasei o que não quis
em nome da estrada onde só quero ser feliz
enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada
vai beijar o homem-bomba, quero adormecer.
Tudo o que eu vi,
estou a partilhar contigo o que não vivi,
um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim

terça-feira, outubro 09, 2007

A cada 10 segundos

Porque não só por cá se faz boa publicidade sobre a prevenção das DST e HIV, como neste anúncio que postei há dias, encontrei esta publicidade aqui, que de tão bom, resolvi "roubar" e colocar no meu espacinho.
Acredito que nesta matéria, só informar não basta. Há que fazer chegar a mensagem às pessoas através do choque, através daquilo que mais temos medo: o sofrimento, a doença e a morte. Daí a agressividade, dureza e, por vezes, algum exagero nas campanhas deste género. Mas é necessário. E mesmo assim, o ser humano arrisca... achamos que é sempre aos outros que acontece.
Enfim, vejam que está excelente!

Mais informação sobre a associação por trás deste anúncio, aqui.

segunda-feira, outubro 08, 2007

Senhor dai-me sabedoria...

... para entender alguns clientes, porque se me dais força, parto-lhes a cara!!!

Há uns tempos tinha postado algo parecido, aqui, mas a prece era direccionada a outro público. Hoje o alvo é diferente... há clientes que nem Deus teria tanta paciência!

Valem-me os conselhos da irmã Selma, ao menos vou mantendo o bom humor, e a sua sabedoria:

Obrigado Mimulus, por fazeres o meu dia de trabalho mais divertido! E eu vou rezar muito pelos clientes imbecis... juro que vou rezar!

Boa!

Foi ontem que vi pela primeira vez este anúncio passar na tél-visão. Excuso-me de mais palavras, let's look at the trailler: