quarta-feira, janeiro 02, 2008

dois mil e oito vezes dois

Este ano, num convite de última hora da R. e do N. que prontamente aceitámos, fizemos "something completely different" na passagem para o novo ano: festejámo-la duas vezes!
Assim sendo, rumámos até à Badajoz de nuestros hermanos para uma primeira celebração (sem caramelos) e depois zarpámos até Elvas para a segunda dose.

Em Badajoz, na Plaza de España, a coisa estava bem organizada, a animação era maior, com três dj's e um orador de laçarote ao pescoço; havia muita gente na rua, bolas de sabão pelo ar, muitas bombinhas barulhentas (tradição parva... era com cada petardo que largavam, parecia uma zona de treinos da ETA), mas também havia muita humidade, frio e nevoeiro no ar. À meia noite lá comemos 12 uvas, (sim, UVAS! é tradição local), saltámos um bocadinho e brindámos a um feliz 2008 espanhol.
Ficámos uns 15 minutos por lá e depois, qual máquina do tempo, assim que atravessámos a fronteira, voltámos para 2007 a tempo de despejarmos mais uma garrafita de espumante no lado português. Já em Elvas, na Praça da República, o frio era maior, mas sem a humidade e o nevoeiro; a organização não existia, não havia música nem qualquer espécie de animação na rua, nem se deu pela contagem até à meia noite; pessoas também eram muito poucas, mas em compensação o fogo de artifício durou 20 longos minutos em contraponto com os 5 minutos do lado espanhol. Foi diferente e divertido!

Sem comentários: