sábado, março 08, 2008

Mulheres

Foto da "Marcha da Indignação", Lisboa, 08/03/2008, Inácio Rosa, Lusa

Sempre achei muito "romântica" a história do nascimento deste dia Internacional das Mulheres. As operárias norte americanas que morreram queimadas dentro de uma fábrica, trancada e incendiada por polícias a mando do patronato, durante uma greve onde reivindicavam melhores condições de trabalho e redução da carga horária.
Afinal descubro aqui (comprovo aqui, onde não há referência a esses acontecimentos), que é tudo folclore, mais um mito urbano. Mais informações sobre esta questão polémica (?) da origem desta data, aqui. Mas mais vale assim, do que andar desinformado!
Seja qual for a razão, é um dia que ainda faz sentido comemorar enquanto houver casos como o que mostrei abaixo, enquanto fizer sentido para as mulheres lutarem pelos mesmos direitos dos homens. Num mundo perfeito não haveria estes dias, nem marchas de orgulho, de indignação e por aí fora.
Mas nós não estamos num mundo perfeito, por isso, comemorem-se as efemérides e saia-se para as ruas sempre que uma injustiça social aconteça.

2 comentários:

Ludo Rex disse...

Obrigado pela informação adicional...
Boa Semana

pinguim disse...

Aproveito a "boleia" deste post para dizer que estou perfeitamente de acordo com as tuas explicações sobre o meu comentário anterior.
Abraço.