sexta-feira, abril 18, 2008

Cem palavras

Estes dois últimos dias tenho ido para Lisboa a trabalho para ajudar e ser ajudado por uma amiga de longa data dos meus tempos de Tomar. Ela está com trabalho a mais na empresa dela e não consegue dar resposta, assim eu fui dar uma maozinha e também testamos a experiência de trabalho conjunta. Se a coisa correr bem, pode ser que comece a trabalhar de novo em Lisboa.
O trocadilho do título deste post é tão somente para lhe agradecer e à sua mão amiga que se estendeu como uma possível saída para o buraco onde me deixei enfiar nestes últimos 11 meses que dediquei à empresa onde estava a dar a camisola em vão... (acho que esta é a frase mais comprida e sem pontuação que escrevi até hoje - o Saramago ao pé de mim é um aprendiz!)
Para ti, minha boa amiga, o meu MUITO OBRIGADO!
Mesmo que a experiência não dê em nada mais que isto, já me ajudou bastante no sentido de perceber que a falha não está em mim, ou no meu trabalho, ou ainda nas minhas competências profissionais e que sou competente no que faço.
Ah, já me esquecia como é bom trabalhar com um destes!
Nestes dois dias também voltei à saga dos transportes públicos com alguns episódios caricatos que não posso deixar de comentar aqui, mas noutro post.

3 comentários:

pinguim disse...

Tinha aqui deixado um comentário; se calhar, esqueci-me de o validar...
Abraço.

Graphic_Diary disse...

:(
Não recebi, deve ter sido isso...
Oh que pena, agora fiquei curioso!
Um abraço

Paulo disse...

A amizade é das coisas boas que nos alegram os dias. Fazes muito bem em lembrar-te e homenagear quem te colore os dias! Benditos sejam os amigos!
Abraço