quinta-feira, julho 10, 2008

Alguém me explica?

Hoje no Adds of the World, o qual consulto diariamente para manter-me actualizado sobre o que de melhor (e pior) se faz na minha área, visualizei estes 4 posters estranhíssimos de uma campanha publicitária (clicar na imagem para visualizar em grande):
Carregar aqui para ver maior
A campanha, saída em Abril deste ano pelas cabeças da malta da Ogilvy & Mather de Singapura, usa o seguinte slogan: "Lorgan's The Retro Store. Everything from the 60s. Well, almost.", traduzindo: "Lorgan's, a Loja Retro. Tudo dos anos 60. Bem, quase tudo."... Alguém consegue explicar-me?
Pronto, até que gosto do jogo cromático em cada poster, a conjugação dos cenários é feliz, até aqui tudo muito bem, mas agora as figuras em cartão... o que é isto? A ideia, ao primeiro impacto, parece divertida e há que louvar o facto de terem representado o sexo hetero (ainda que em três versões, tendo em conta as infinitas possibilidades kamasútricas, um tanto ou quanto redutoras: missionário, por trás e trio) e o arrojo (?!) ao também representarem o sexo homossexual - a publicidade nesse ponto é inteligente, armada à modernice, a piscar o olho às "bichas decoradeiras". Também acho engraçado o detalhe dos pelos das pernas nas figuras masculinas. 
A porca torce o rabo no seguinte: para vender mobília, peças de decoração, porquê usar sexo e posições escaldantes? É certo que os anos 60 ficaram conhecidos pelos anos do amor livre, mas é isto que eles querem fazer passar? A loja tem tudo dessa época menos o "amor livre", leia-se sexo desenfreado, do puro e do duro - como todos nós gostamos, diria a Dra. Rute Remédios. Nesse caso, e como alguém comentava lá no site, a ideia de "amor livre" difundido nos anos 60 não passa necessariamente pelo sexo e muito menos pela má pornografia, que é o que estas figuras mais aparentam e remetem. Depois o aspecto das figuras também não nos transporta para a época, principalmente se atentarmos para os cortes de cabelo das figuras masculinas, parecem-nos penteados mais modernaços, ou isso já sou eu que estou a ser picuinhas?
De qualquer das maneiras, vender mobília/decoração através de um conceito sexual não me parece uma ideia muito brilhante, original ou sequer audaciosa - já se usou este conceito antes e bem melhor, digo eu que não percebo quase nada disto!

7 comentários:

mimulus disse...

Bom, meu olhar é um olhar leigo, já que não sou entendida como você sobre publicitária. Porém, como consumidora, a idéia me parece um pouco apelativa e não relacionada. Eu prefiro anúncios em que me identifique com as pessoas que nele atuam. Gostei do detalhe dos pelos nas pernas, foi bem sutil, só ampliando pra ver.
Quanto às posições, o publicitário não deve ser Kama Sutra Certified Professional...rs.
Ou seja, comentei, comentei e não te expliquei nada.
Abraços do lado de cá
Mimulus

Paulo disse...

também não acho piada à campanha, mas disso eu é que não percebo mesmo nada. e também não percebo porque o aposento dos meninos há-de ser em tons rosa-violeta...
enfim, estereótipos

Rainha do Nada disse...

Quanto a mim, a campanha está excelente.
Quando se fala nos anos 60, fala-se obrigatoriamente da liberdade e explosão sexual, certo?
A explicação é simples. Esta loja fornece tudo o que diz respeito aos anos 60, excepto o sexo livre. Daí a sugestão apenas com silhuetas.
Na publicidae, o sexo explícito ou implícito (principalmente este último)vende. Vende muito.
Estas imagens fazem com que sintamos o desejo de obter o produto, levando-nos a crer que ao consumi-lo iremos dar cor às silhuetas. Iremos nós, consumidores, concretizar aquilo que é sugerido.
Satisfeito?
Beijos.

Graphic_Diary disse...

#Mimulus
Pois, às vezes há coisas que não têm muita explicação. Ficam na esfera do "ou se gosta, ou não se gosta". Mas concordo, no geral é apelativo.
Abraço

#Paulo
Também achei isso, que caíram facilmente no estereótipo.

#Rainha do Nada
Ainda assim, não me convences a gostar da campanha, mas é uma excelente explicação - estou satisfeito!
Beijo

sp disse...

eh eh... vou ser malandreco, posso!?
gostei especialmente das "imagens" do lado esquerdo!!!
um abraço peludo e obrigado pelas visitas ao meu sítio!

pinguim disse...

Vou levar isto para a brincadeira, mas esta publicidade só me levaria a comprar a mobília do quarto de cama; porque seria????
Abraço.

Anónimo disse...

Sexo vende. É isso.
E tu, meu amigo, ao reagir, estás a agir como veículo publicitário.
Coisas do marketing...!