quarta-feira, novembro 19, 2008

I can't


Ilustração de Marc Johns, retirada desta galeria, aqui.

Stop and stare
I think I'm moving but I go nowhere
Yeah, I know that everyone gets scared
But I've become what I can't be, ohhh
Stop and stare
You start to wonder why you're here, not there
And you'd give anything to get what's fair
But fair ain't what you really need
Oh, can you see what I see


Este texto, em forma de música Pop do momento, foi há dias uma oferta singela do mano faroleiro aqui. Às vezes, quando nos sentimos menos bem, são estas pequenas coisinhas que dão algum significado ao que não tem significado e daí, talvez não...
Enfim, tudo isto só para te dizer mais uma vez o que já disse lá no teu espacinho:
Obrigado!

2 comentários:

Arsène Lupin disse...

De nada :*

Fragmentos Repartidos disse...

Se não fossem essas pequenas coisas, haveriam muitas outras que nem sequer valeriam a pena prestar atenção. É nessas pequenas coisas que surgem as grandes forças.

Abraço.